Conectar-se

Esqueci minha senha

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Starbucks coffe
Qui 17 Abr 2014, 02:02 por Yuki Kuronuma

» Ruas de Londres
Dom 13 Abr 2014, 16:43 por Makie

» Entrada do Campus
Qua 26 Mar 2014, 01:10 por Yuki Kuronuma

» The Zoeira Never Ends
Dom 16 Mar 2014, 19:01 por Makie

» Pub Pin up's
Ter 11 Mar 2014, 16:03 por Ise

» Ficha de inscrição: Vampiros
Sab 08 Mar 2014, 15:07 por Ise

» Aeroporto de Londres
Qui 06 Mar 2014, 00:23 por Haziel

» Biblioteca da universidade
Ter 04 Mar 2014, 22:13 por Haziel

» Abadia de Westminster
Ter 25 Fev 2014, 09:36 por Admin

Novembro 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Calendário Calendário

Parceiros
Fórum grátis


Ruas de Londres

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ir em baixo

Ruas de Londres

Mensagem por Admin em Ter 25 Fev 2014, 09:38

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

As ruas da cidade, entre um lugar a outro.
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 54
Data de inscrição : 20/01/2014

Ver perfil do usuário http://untold.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Pan em Ter 25 Fev 2014, 10:24

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

- Acho que os carnívoros detestam a ideia de matarmos animais pra comer, por isso ninguém assisti vídeos de abatedouros. Mas que culpa temos se o bacon é tão bom? – Ele sorri, divertido, mas sincero. – E sobre a sorte... Eu acredito que as pessoas se apegam as palavras destino, caminho, vocação, como se fosse uma verdade universal... Mas acho que somos capazes de fazer nossa própria sorte. O difícil é ter uma visão holística da coisa. E claro, a sorte é mutável e imprevisível, nós podemos fazer a nossa. Mas ela pode se voltar contra nós, acho isso um barato... – Ele admite. – Se fosse fácil como falar, não seria tão divertido né?

Ele ajeita a moto rente ao meio fio, e lhe permite descer, ficando recostada nela, escutando a oferta para ele esperar ali fora.

- De boa então... Eu vou aproveitar pra fumar um cigarro... – Ele fica recostado na moto, já tirando o maço do bolso e tirando uma unidade, acendendo-a com seu isqueiro.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

O interior da farmácia era limpo, elegante, apenas dois clientes buscando algo entre as prateleiras. O lugar parecia gerenciado apenas por um rapaz, de uniforme branco.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
Pan

Mensagens : 50
Data de inscrição : 11/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Breathless em Ter 25 Fev 2014, 11:42

-entao… vc acredita em sorte.

Ele sorri, simplista.

-acho sim, que podemos fazer nosso destino. Mas… pensar, no livre arbítrio, ainda me parece difícil. Voce nao tem essa impressao? de que sempre há algo, ou alguém, controlando nossas açoes?

Ele coloca o capacete no braço

-eu nao me demoro

Hugh vai rapidamente para a farmácia, para nao deixar o colega esperando. ASsim que entra, já procura o atendente.

-boa tarde. Por favor, eu gostaria de bandaid, e um spray anti-séptico.
avatar
Breathless

Mensagens : 46
Data de inscrição : 11/02/2014
Idade : 31
Localização : Silent Hill

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Pan em Ter 25 Fev 2014, 13:20

- Já tive sim... mas isso é normal. Temos o livre arbítrio em nosso cotidiano, para coisas normais... mas quando envolve algo maior, então devemos desconfiar de quem puxa as cordas da vida. Porque não são Deuses, mas o homem que o faz. E nada é mais perigoso...

Ele se despede, permitindo que o outro adentrasse a loja.

- você ficaria surpreso... - ele fala baixinho, mais pra si. Fumando tranquilo, enquanto o outro entrava na farmácia. Os olhos seguindo pela movimentação na rua.

- Olá querido, boa tarde, um momentinho sim...? - o atendente te olha de cima a baixo do outro lado do balcão, por ser alto, e já se vira para as prateleiras. Falando em uma lingua estrangeira. - Gente, que must... estilo caipira aqui nas terras da Rainha... ele precisa de um banho de loja pra não fazer feio assim...

Ele já se vira, deixando o spray anti-séptico. Voltando a falar em inglês.

- um momentinho que vou pegar o band-aid. Você tem alguma preferência de modelo? Trabalhamos com modelos simples, desenhados, a prova d'agua...

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
Pan

Mensagens : 50
Data de inscrição : 11/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Breathless em Qua 26 Fev 2014, 20:13

Hugh segue pensativo para a farmácia. Só podia concordar, com Damien. Os homens criaram os deuses, e criaram tudo em volta de seu egoísta ego. As probabilidades poderiam sim, ser alteradas, com esforço. Uma pessoa teria mais tendências a passar, em uma prova, se estudasse, por exemplo. Mas Hugh nao via como uma pessoa poderia mexer na probabilidade de nao ser cagado por um pombo na rua. Ele apenas espera o farmaceutico se pronunciar em uma língua bem peculiar, que obviamente, Hugh nao conhecia.

-aun… o mais simples, por favor. E nao esqueça o spray.
avatar
Breathless

Mensagens : 46
Data de inscrição : 11/02/2014
Idade : 31
Localização : Silent Hill

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Pan em Qui 27 Fev 2014, 10:48

- Tudo bem. - Ele sorri simpático, separando uma caixinha com band-aid simples, de tom marrom. Já colocando em seguida no caixa junto com um spray anti-séptico. Já passando tudo.

- você tem potencial sabia? - Ele fala te olhando, ainda no idioma estrangeiro. Antes de prosseguir em sua lingua. - Sorry darling, estou na cidade a pouquíssimas semanas, ainda não me acostumei a pensar e agir em inglês, você é novo na cidade também? Parece vir dos arredores…Já tem tudo que precisa por essa região, um guia turístico?

De uma forma curiosa, ele parecia ser simpático demais ao lhe atender, talvez flertando. Uma senhorazinha mirrada, com roupas simples, uma saia longa e um pulôver rosa desbotado, baixinha, se aproxima do balcão, depositando um vidrinhos de vitaminas.

- Aqui. Vou querer apenas isso. - Ela obviamente passava na sua frente, pra ser atendida antes. Sem pedir licença.

- Um minutinho ok? - Ele te olha com um sorriso meio venenoso, pela falta de educação, quase revirando os olhos. Mas ele passa rapidamente, aceita o dinheiro e devolve o troco. - Boa tarde senhora…

- Vocês também… - a velhinha agradece, mal humorada. E já pega sua sacolinha.
avatar
Pan

Mensagens : 50
Data de inscrição : 11/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Breathless em Qui 27 Fev 2014, 12:16

Ele espera, tranquilamente.

-sou sim. Moro um pouco longe de Londres, mas… faculdade.

Ele sorri, simpático.

-um colega da faculdade esta me apresentando, alguns pontos interessantes da cidade. Se quiser se juntar a nós.

Fala extremamente cordial. Ele apenas observa a senhora, sem falar nada. Velhos eram tao úteis quanto um óculos escuro de noite. Ele espera ela ir, e já pega sua encomenda com o rapaz.

-obrigado.
avatar
Breathless

Mensagens : 46
Data de inscrição : 11/02/2014
Idade : 31
Localização : Silent Hill

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Pan em Qui 27 Fev 2014, 14:18

A senhora já vai saindo, e ele não demora a terminar de passar suas compras, e lhe devolver seu troco. O sorriso charmosinho no rosto.

-Bom, meu expediente acaba as sete. Eu ia adorar lhes acompanhar depois, não tenho nenhum programinha em vista. - ele adiciona em outro idioma: - Apesar de sua frieza inglesa, que convite mais cordial... ai como sinto falta do povo carioca! - ele o olhava com satisfação, sorrindo. - Me dê seu telefone...? Assim quando eu encerrar meu turno eu te ligo para nos encontrarmos. - Ele pisca, sorrindo, escoradinho no balcão.

Outro cliente já entrava lá loja e o balconista apenas lhe espera responder e já se afasta do balcão, se despedindo de você com um aceno breve.
avatar
Pan

Mensagens : 50
Data de inscrição : 11/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Breathless em Qui 27 Fev 2014, 16:35

-eu… nao tenho celular

Ele fala sincero XD

-mas me passe o seu número, eu dou um jeito de ligar pra vc.
avatar
Breathless

Mensagens : 46
Data de inscrição : 11/02/2014
Idade : 31
Localização : Silent Hill

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Pan em Qua 05 Mar 2014, 11:48

o balconista só sorri, daquele jeito de quem pensava. "De onde raios saiu esse homem que não tem um celular?"

- Aqui querido, não perca, ok? Se quiser há celulares descartaveis a vendas em camelos... baratinho. - ele pisca, fazendo charme. Ele já pega um cartãozinho da farmácia e adiciona ao lado do telefone da tele-entrega seu próprio número, deixando em parenteses seu nome "Felix."

Ele volta a sorrir em despedida, antes de sair de trás do balcão e se dirigir a próxima cliente que aguardava ao fundo.

Do lado de fora Damien terminava seu cigarro, a mente distraída, apenas observando as pessoas na rua. Era um rapaz bonito e chamativo, muitos viravam o rosto para olhá-lo, seja com curiosidade, recriminação ou admiração feminina. Mas tudo que ele olhava era o transito, os ônibus que passavam, alguns carros. Ora ou outra ele observa a farmácia, vendo Hugh ser atendido e quando vê que ele já estava saindo ele descarta a bituca de cigarro, dando um peteleco na ponta e arremessando em direção ao cesto de lixo próximo a um poste.
avatar
Pan

Mensagens : 50
Data de inscrição : 11/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Makie em Qui 06 Mar 2014, 10:50

o banho um tanto quanto demorado foi bem relaxante, afinal aquele dia inicialmente tranquilo teve uma pequena reviravolta, mas ainda sim se tornou interessante no final mesmo com todos os acontecimentos . havia conhecido dois garotos (sim garotos, tinham cara de meninos recém saídos do colégio e viam o mundo como uma grande caixinha de surpresas com confetes e doces, ao menos era assim que o olhar de ambos transmitia esta imagem). uma roupa mais confortável, seu jeans batido, o coturno feminino, a camisa lilás e a maquiagem básica (olhos bem marcados e apenas uma cor pra dar um pouco de vida a pele pálida do sol Inglês!), acessórios não eram tanto assim seu estilo, mas uma roupa limpa e confortável pra bater perna era a melhor coisa que tinha.

os cabelos rebeldes estavam soltos, mas pareciam sempre que haviam levado horas para modelar.. apenas tinha cabelos ondulados, e gostava da forma que eles ficavam, seus finos fios de cabelo ajudavam a não deixa-los cheios igual a uma juba, fora isso qualquer secador era o suficiente para deixa-lo escorrido.. e movimento era tudo...

afinal tudo que June via tinha algum movimento, algum ritmo, alguns acelerados outros mais lentos, mas ainda sim movimento... tudo que era estático demais era falso artificial... quebradiço, fraco... afinal ate as pedras moldavam , mudavam de lugar e se transformavam com o passar do tempo, por que um humano deveria ser estático? não havia beleza na perfeição aos olhos de June...

sua mente fervilhava a mil por hora dentro do chuveiro, alguem naquele café havia feito seus intintos de autopreservação se agitarem, e a morena gostava da adrenalina... apesar de nem sempre gostar dos resultados finais.

um pouco pensativa caminhou até o ponto de encontro, não era distante do alojamento, então teria algum tempo para observar o "ambiente" a sua volta, de alguma forma as coisas estavam um pouco mudadas... com sua bolsa transversal, June se sentou pacientemente em um dos bancos na espera do ônibus e aguardava os dois novatos para a diversão mais noturna.

_________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
Makie

Mensagens : 61
Data de inscrição : 22/01/2014
Idade : 29

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Breathless em Dom 09 Mar 2014, 09:17

Hugh já pega o número do Félix, o guardando no bolso. Já segura a sacolinha com as compras.

-hum, obrigado. E... até mais

Ele se despede, polido, e já vai saindo da loja. Era uma visao diferente, ver alguém, a sua espera. Algo realmente novo. E o garoto nao era qualquer um, afinal. Era diferente de tudo o que já tinha visto antes.

-podemos ir, me perdoe pela demora. Acho que ao menos, deu tempo para vc terminar o seu cigarro. Posso perguntar, pq vc fuma? Me parece algo comum, da sociedade, ter hábitos auto-destrutivos.

Hugh já pega o capacete, e vai o colocando. Ele coloca as pequenas compras no bolso.
avatar
Breathless

Mensagens : 46
Data de inscrição : 11/02/2014
Idade : 31
Localização : Silent Hill

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Pan em Dom 09 Mar 2014, 10:09

Ele só abre um sorriso brando, assentindo. Ele tira uma balinha de melancia do blazer, enfiando-a na boca.

- Acho que viver nos leva a hábitos destrutivos, é algo da humanidade, ou no campo as pessoas se cuidam melhor? Mas ficaria surpreso como o cigarro já salvou minha integridade física. Não me envolvi em altas brigas porque estava fora do pub, fumando pra espairecer. - Ele pisca, maroto, já ligando a moto e esperando o Hugh se ajeitar para saírem dali.

- Eu vou deixar a moto no alojamento e podemos seguir a pé com a June, pegando um ônibus, assim não a deixamos sozinha em cada ida.

O caminho era rápido e corrido, Hugh podia ver varias facetas da cidade, pessoas vendendo flores e sendo ignoradas na rua, um rapaz em um skate ajudando uma velhinha a atravessar o sinal, um misto de coisas boas e ruins, como uma loira estacionar em uma vaga para deficientes em frente a uma grife.

Mais a frente já era possivel ver o alojamento com seus dois prédios, o patio para eles estacionarem. o Damien já guiava naquela direção.
avatar
Pan

Mensagens : 50
Data de inscrição : 11/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Breathless em Dom 09 Mar 2014, 16:12

-salvou sua integridade? nao esta dando apenas uma desculpa, para continuar fumando? bem... o pessoal da *roça* gosta bastante de um cigarro de palha, ou mesmo um cachimbo. Eu acho tudo com um cheiro muito forte. As pessoas tem um cheiro muito único, pra ficar o camuflando assim.

Hugh já sobe na garupa, segurando na cintura do colega.

-eu acho uma boa ideia. Nao me parece muito cavalheiro deixar uma dama ficar por ai, de bicicleta ou onibus. Ela me pareceu uma garota bem independente, nao achou?
avatar
Breathless

Mensagens : 46
Data de inscrição : 11/02/2014
Idade : 31
Localização : Silent Hill

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Pan em Seg 10 Mar 2014, 09:18

- Céus... - Damien sorria, divertidíssimo, não era o ar do campo apenas, mas aquela ingenuidade aparente em Hugh que o surpreendia, a falta de malícia em suas palavras. – Eu estava apenas brincando, quanto a minha integridade. Fumar me relaxa, eu gosto. Simples assim. – Ele fala roucamente. – E faço o possível para não cheirar a cigarros... Pode provar. – brinca.

Ele já vai saindo com a moto pela rua. Querendo correr um pouco mais ele ajeita as mãos de Hugh ao redor dele, pra ele ter mais estabilidade. Já disparando. Falando alto para Hugh escutá-lo.

- Tem razão, ela parece bem independente. Talvez um pouco maluca ou estabanada. – Ele sorria. – Acho que vamos nos divertir hoje. Temos que aproveitar, não sei quando será a Cerimônia, mas vai saber como será quando as aulas começarem... não sei como as faculdades funcionam...  Tomara que sua turma esteja cheia de pessoas simpáticas... É punk aguentar mais de um ano, uma turma irritante. Ao menos a tendência é diminuir o número de gente com os semestres... – Ele fala danado, brincalhão, apenas pensando na mulher do café, ouvira quando ela dissera que faria Arquitetura, como ele. Seria um ano divertido.

Correndo um pouco mais, rapidamente chegam ao dormitório.
avatar
Pan

Mensagens : 50
Data de inscrição : 11/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Breathless em Seg 10 Mar 2014, 14:34

Hugh apenas aproxima o nariz do cangote de Damien. nem precisa respirar muito fundo, pro cheiro de cigarro lhe invadir as narinas.

-meu olfato nao é tao bom... mas só consigo sentir o cheiro do seu cigarro daqui. E nao é o melhor cheiro do mundo. Mas também. nao é o pior. ~fala com experiencia de causa xD

Ele sorri, sentindo o jovem tocar suas maos, e acelerar a moto.

" nao faço questao, de terem pessoas legais na turma... na verdade, nao faço questao de muita coisa"

-eu entendo menos do que vc, sobre faculdades, cerimõnias, e todas essas convenções sociais. Acho que precisarei de umas dicas. Dizem que as mulheres da faculdade sao bem perigosas. E que muitos vao pra faculdade, apenas para... como vcs da cidade grande falam mesmo? ah sim... tocar o terror.

Hugh continua admirando a vista da cidade. O olhar sempre frio.

-se vc começa, algo... eu ainda nao entendo, como tantas pessoas desistem da faculdade. Nao seria melhor, nem ter começado? É um investimento e tanto afinal.
avatar
Breathless

Mensagens : 46
Data de inscrição : 11/02/2014
Idade : 31
Localização : Silent Hill

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Ise em Seg 10 Mar 2014, 21:01

-Detesto mapas...
Resmunga olhando o mapa ainda na garupa de sua moto, havia acabado de chegar a cidade, passara em sua nova morada um loft que Milla havia preparado pra ele residir enquanto estava naquele novo local.
-Povinho estranho não dão informações direito.
Abria o mata e virava-o para todos os lados e já puto coça a nuca e amassa o papel jogando na lixeira.
-Shit...
Resolve dá nova volta para ver se aparecia alguém para lhe passar alguma informação que o levasse a tal faculdade.
-Daqui a pouco amanhece e nada... Vou ter que voltar pra casa ¬¬"
Ligou sua moto e vagarosamente trafegou pelas ruas.
-Será que tem ao menos um bar por aqui, preciso beber algo... rs ... ou alguém rs
avatar
Ise

Mensagens : 13
Data de inscrição : 14/02/2014
Idade : 43
Localização : Rio 1000º

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Pan em Ter 11 Mar 2014, 12:02

- Eu tomo cuidado pra não ficar com ele na pele... vou ficar mais atento. Eu já me acostumei ao cheiro... mas tem cigarros que são fedidos mesmo. - Apesar dos pesares Damien tinha um bom perfume, o cigarro realmente era leve, como um fumante esporádico, o perfume era um misto amadeirado musk, doce.

Damien ouvia Hugh com atenção, mesmo guiando sua moto. Sorria a cada palavra, era realmente divertido ouvir suas indagações, que além de sinceras refletiam o rapaz do campo que ele era e que um dia Damien espelhara também. Mesmo não estando em uma faculdade ele já participara de algumas festas e bagunças de universitários, só podia ter uma vaga ideia de como seriam as coisas.

- Ninguém tá nem ai pro dinheiro...  – Fala sincero. – Faculdade é sinônimo de independência, não ter horário pra voltar pra casa, se livrar os pais e ainda pagar de estudioso. – Ele sorri. – Realmente, as garotas veem pra tocar o terror com festinhas, os caras também as vezes. Ultimamente tá na moda brigas clandestinas...gente que se junta pra brigar e apostar... Tá certo que rola estudantes que realmente querem aprender... mas não se surpreenda se acordar de noite com uma mina entrando nos lençóis do seu quarto querendo algo... isso acontece...

Próximo ao dormitório os olhos de Damien passam por outro rapaz em uma moto. Olhando para os lados, buscando alguém. Era muito fácil achar um turista ou um perdido na cidade. Pra cena ficar completa só faltou o mapa amassado contra um dos guidões da moto.

- Isso pode ser divertido... – ele fala pra si. Ele diminui um pouco a velocidade para se aproximar dele, e ronca de leve com o motor, chamando sua atenção, não faltava muito para chegarem ao estacionamento do dormitório, seria bacana uma rápida corrida, ele só olha para o rosto do outro. – Se segura mais forte... – Ele fala rouco, já arrancando com a moto.
avatar
Pan

Mensagens : 50
Data de inscrição : 11/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Breathless em Ter 11 Mar 2014, 13:51

-vc nao tem que se policiar, pelos meus gostos. E apesar do cigarro, o seu perfume é bom.

Hugh nao usava perfume algum, por vários motivos. Mas nao deixava de ter aquele cheiro de mato depois da chuva xD.

-brigas clandestinas.... me parece interessante.

Fala realmente pensativo XD

-acha que uma desconhecida realmente faria isso? Isso sim seria estranho, e inusitado. Eu nao sei como agiria em tal situação. Elas não se preocupam com doenças? Ou com o simples fato, de se insinuarem pra um estranho? Garotos fazem isso também? Desculpe, muitas perguntas.

Ele sorri, olhando pro rapaz e pra moto que parara ao lado. Ele já olha pro Damien, sentindo suas intenções, e apenas segura mais firme no colega.

-só não nos mate, por favor. Ainda tenho muita coisa pra fazer.

Apesar de soar frio, tinha um tom de divertimento na frase xD
avatar
Breathless

Mensagens : 46
Data de inscrição : 11/02/2014
Idade : 31
Localização : Silent Hill

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Ise em Ter 11 Mar 2014, 14:07

Segue a rua quando passa por ele outros em uma moto, notou o olhar do rapaz na moto, sentiu certo desafio e na mesma hora despertou a vontade de aceitar.
-Milla sei que prometi me comportar, mas infelizmente me chamam pra isso...
Acelerou a moto aumentando a velocidade, uma corrida seria muito bom para jogar o bicho dentro dele para fora que estava estressado por não encontrar a tal faculdade.
Sem dizer nada faz ranger o motor de sua recém comprada moto.
-Um racha será muito bom, vamos ver o quanto corre essa belezinha aqui que Milla me comprou.
Olhou para o outro acenou baixo a cabeça como que aceitasse o desafio.
avatar
Ise

Mensagens : 13
Data de inscrição : 14/02/2014
Idade : 43
Localização : Rio 1000º

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Pan em Ter 11 Mar 2014, 18:23

- você acha que elas não fariam isso? - Damien gargalha. - Continue assim e elas vão te devorar... Antes eu te levo em uma dessas brigas, podemos até debater aquelas paradas de probabilidades...

Ele só mantinha uma sobrancelha erguida, surpreso pelo interesse de Hugh nas brigas. Pessoas do interior tendiam a ter medo da cidade grande, de seus perigos.

"ora ora... vamos ver o que mais posso descobrir... Hugh parece disposto a curtir as paradas..."

Damien ficou satisfeito ao ver que o outro rapaz topava o racha, fazendo um sinal positivo com a cabeça. Não precisou olhar uma segunda vez para ele para sentir que algo se modificava na Trama. Podia sentir seu deslocamento, seu vibrar, um arrepio na nuca pela adrenalina. Ele ronca com força o motor.

Ele solta o guidão rapidamente e aponta para o rapaz um semáforo a frente, indicando para esperarem, guiando a moto e parando, seria a largada.

- Está pronto?  - Ele encara o rapaz na outra moto, observando rapidamente a potencia da moto vizinha. Analisando se a briga seria justa. Sua moto era potente, mas haviam dois nele. Ele só olha de relance pro Hugh. - Não se preocupe, eu sei o que eu to fazendo. - Ele fala maroto, o sorriso danado, frase típica que precedia uma merda.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
avatar
Pan

Mensagens : 50
Data de inscrição : 11/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Ise em Ter 11 Mar 2014, 19:08

Solta uma gargalhada e com sorriso bem provocador deixa o outro arrancar e fica ali parado esperando a distância boa para alcança-lo.
"Hora de caçar... ops zoar em Londres rs"
Logo que vê tomar certa dianteira arranca com a moto seguindo-o.
Seguindo-o mantém a velocidade para ver qual direção tomaria.
Notando que logo a frente havia uma rua longa em uma reta perfeita para o racha.
"Agora te passo carinha..."
Acelera com a moto emparelhando com eles.
avatar
Ise

Mensagens : 13
Data de inscrição : 14/02/2014
Idade : 43
Localização : Rio 1000º

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Breathless em Ter 11 Mar 2014, 20:59

-é um programa ... inusitado, ao certo. Vou apenas torcer então, pra não me deparar com uma situação dessas.

Ele apenas olha novamente pro motoqueiro na lateral dos dois.

-acho que ele aceitou seu desafio.

Ele sorri, de uma forma fria.

-estou sim. Mas insisto em repetir. Só não nos mate.

Ele apenas se segura bem, deixando os dois se divertirem, como dois bons garotos da cidade grande.

"as coisas aqui, ou lá, nao mudam muito, afinal."
avatar
Breathless

Mensagens : 46
Data de inscrição : 11/02/2014
Idade : 31
Localização : Silent Hill

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Pan em Qua 12 Mar 2014, 14:07

- Sem mortes... - Damien apenas concorda, maroto.

Sentindo que Hugh estava bem preso a ele, Damien já acelera, calando-se e concentrando-se na pista. Os olhos pelo retrovisor, vendo o outro se aproximando. Ele corria, mas sem muita pressa, logo tomando a pista reta. Havia carros, onibus, pedestres, não era a melhor ideia correr ali. Isso só o excitava, as probabilidades brilhavam para dos os lados e ele apenas deixa o curso natural das coisas acontecerem.

Quando o rapaz emparelha Damien só sorri maroto, forçando pra valer o motor da moto, disparando pela rua, o ronco do motor rapidamente chamando a atenção das pessoas ao redor.

- UHULLL! - Ele só sorri, sentindo o vento forte e a adrenalina do momento. Ele só esperava que o companheiro estivesse se divertindo.

(OFF: nem sei como está a parada de dados do forum, pra rolagem - acho justo pra ver quem ganha o racha ♥ ou sei lá, ver outra forma)
avatar
Pan

Mensagens : 50
Data de inscrição : 11/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Ise em Qua 12 Mar 2014, 15:23

Acelera a moto seguindo o outro viu que estavam se divertindo, as ruas estavam bem movimentada mas não se importava era ainda mais desafiador...
Riu alto e acelerou a moto aumentando a velocidade agora era pra valer.
O máximo que rolasse era a polícia querer atrapalhar mas não estava muito se importando.
Fez um sinal para os outros dois na moto como o dedo apontando para frente em uma pista reta e entrou passando a frente deles.

Off: Tem rolador de dados online mas como não sabemos como será feito vamos fazer algo de inicio como eles correndo e depois a polícia vindo atrás deles ai criamos uma fuga xD
avatar
Ise

Mensagens : 13
Data de inscrição : 14/02/2014
Idade : 43
Localização : Rio 1000º

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas de Londres

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum